Destinos de Viagem


Home » Destinos de Viagem » América do Sul » Argentina » Buenos Aires » Recoleta

Especial Buenos Aires

Veja nesta página os melhores destinos para a sua próxima viagem. São dicas de lugares para viajar melhor e mais barato.


Lugares interessantes em Buenos Aires - Recoleta

No bairro de Recoleta, nome dado devido à permanência do Convento dos Frades Recoletos que ali se instalaram, é possível encontrar as filiais das mais importantes lojas de roupa do mundo, centros comerciais e culturais consideráveis e um centro gastronômico ganhador de muitos prêmios internacionais. É também um lugar de grande interesse histórico e arquitetônico com muitos museus, esculturas, praças e parques.

Existe uma grande concentração de atrações reunidas no mesmo bairro como o Buenos Aires Design, o Pátio Bullrich, o Centro Cultural Recoleta, o Palais de Glace, o Museu Nacional de Belas Artes, o Museu Nacional de Arte Decorativa, a Basílica Nuestra Señora del Pilar, o Cemitério da Recoleta, a Biblioteca Nacional da República Argentina, a Faculdade de Direito, o Parque Thays, a praça Intendente Alvear, a praça Alemania, a praça Austria, a praça Uruguay, a praça Chile e muitas outras praças, instituições de ensino e galerias de arte independentes.

Basílica Nuestra Señora del Pilar (Basílica Nossa Senhora do Pilar):
Endereço: Junín 1892, Recoleta
Inauguração: 1732
Arquiteto: Andrés Blanqui
Declarada Monumento Histórico Nacional: 1942

Na igreja Nossa Senhora do Pilar, uma das mais antigas da cidade de Buenos Aires, é possível apreciar mostra da arte colonial. Possui em seu interior um pequeno museu onde se podem apreciar diversos elementos em estilo barroco.

Centro Cultural Recoleta:
Endereço: Junín 1930, Recoleta
Arquitetos: Clorindo Testa, Jacques Bedel e Luis Benedit

O Centro Cultural Recoleta oferece diversas atividades. Dispõem de salas para exposições de pintura, desenho e escultura, salas de teatro e outras equipadas para a produção musical. Passou a funcionar como centro cultural a partir de 1980 após uma série de remodelações. O edifício, cuja origem se remonta ao século XVII, é um dos mais antigos da cidade. Seu edifício apresenta estilo italiano.

O centro cultural Recoleta oferece visitas guiadas.
Site: http://www.centroculturalrecoleta.org

Palais de Glace ou Palacio Nacional de las Artes (Palácio Nacional das Artes):
Endereço: Posadas 1725, Recoleta
Declarado monumento histórico nacional: 2004

Centro de exposições nacionais e internacionais. Inaugurado no início do século XX, com características do estilo francês.

O Palais de Glace oferece visitas guiadas.
Site: http://www.palaisdeglace.org

Facultad de Derecho de la Universidad de Buenos Aires (Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires):
Inauguração: 1949
Arquitetos: Arturo Ochoa, Ismael Chiapore e Pedro Vivent

Projeto de mais de 40 mil metros quadrados em estilo greco-romano. Monumento arquitetônico associado ao fascismo italiano.

Cementerio de la Recoleta (Cemitério da Recoleta):
Endereço: Junín 1760, Recoleta
Localização: em frente à praça Intendente Alvear
Inauguração: 1822
Arquiteto: Prosper Catelin

Cemitério mais antigo e aristocrático da cidade de Buenos Aires e famoso por abrigar vários mausoléus onde descansam os restos de importantes personalidades da Argentina, dentre as quais de Eva Perón.

O cemitério chama atenção logo na entrada devido o acesso ao seu interior ser por um pórtico neoclássico com altas colunas. Em seus quase seis hectares se encontram uma ampla variedade de estilos arquitetônicos e obras de importantes arquitetos. Existem diversas esculturas artísticas que adornam os mausoléus e muitas das abóbadas foram declaradas Monumento Histórico Nacional.

O cemitério da Recoleta oferece visitas guiadas.
Telefone: (54 11) 4803-1594

Biblioteca Nacional da República Argentina
Endereço: Agüero 2502, Recoleta
Inauguração: 1810
Arquitetos: Clorindo Testa, Alicia Cazzanica e Francisco Bullrich.

A Biblioteca Nacional da República Argentina, a mais importante da Argentina, começou as suas atividades no ano de 1810, mas foi somente em 1992 que ela se instalou no atual endereço. O prédio, em estilo moderno brutalista-racionalista, foi inaugurado em 1992. Atualmente também no edifício funciona a Escola Nacional de Bibliotecários.

Para o ingresso na Biblioteca Nacional da República Argentina é necessário apresentar documento de identificação. O acesso do público à Biblioteca é gratuito.

A Biblioteca Nacional da República Argentina oferece visitas guiadas.
Site: http://www.bibnal.edu.ar/

Como chegar ao bairro de Recoleta:
Ônibus:
Linhas: 5, 10, 17, 37, 38, 39, 41, 59, 60, 61, 62, 67, 75, 92, 93, 95, 101, 102, 106, 108, 110, 124, 130, 152.

Automóvel:
Vindo do sul: seguir pela Avenida 9 de Julio até a rua (calle) Posadas e por esta até encontrar a Plaza Alvear. Seguir pela Avenida Callao até a avenida Quintana e dobrando por esta 200 metros até a interseção com a peatonal Pte. Ortiz. Seguir pela Avenida Lendro Alem, logo Avenida Del Libertador até a Avenida Pueyrredón.

Vindo do norte: Seguir pela Avenida Del Libertador até cruzar com a Avenida Pueyrredón e empalmar subida da Avenida Alvear. Seguir pela Avenida Lugones, Autopista Illia e ao terminar encontra a rua (calle) Juncal, logo Avenida Quintana até interseção com Pte. Ortiz Seguir pela Avenida Las Heras empalmando logo rua (calle) Pacheco de Melo, Avenida Callao e Avenida Quintana.

Cementerio de la Recoleta - Buenos Aires - Argentina

Lugares interessantes em Buenos Aires

La Boca
Palermo
Plaza del Congreso
Plaza de Mayo
Puerto Madero
• Recoleta
San Telmo
Tigre

Especial Buenos Aires
Buenos Aires é uma das maiores e mais importantes cidades da América Latina. A capital da Argentina foi fundada em fevereiro de 1536 pelo espanhol Pedro de Mendoza. Saiba mais no Especial Buenos Aires

Links e sites oficiais:

Site oficial da cidade de Buenos Aires

Tags:  Recoleta - Locais interessantes em Buenos Aires - Argentina - Como chegar a Recoleta - Noite em Recoleta - Dicas de Recoleta - O que fazer em Recoleta - Atrações de Recoleta - Compras em Recoleta - Restaurantes - Viagem

Países da América Latina com os melhores IDH em 2017


Que tal conhecer os países da América Latina com os melhores IDH em 2017? A Argentina é um dos países com o melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) em 2017. O relatório foi divulgado no dia 21/03/2017 pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Veja no vídeo a posição da Argentina e dos outros países latino-americanos. Desde 2010 os critérios de avaliação do IDH incluem: expectativa de vida ao nascer; anos médios de estudo e anos esperados de escolaridade; e um padrão de vida baseado produto interno bruto (PIB) em paridade de poder de compra (PPC) per capita. As faixas do IDH incluem "Desenvolvimento humano muito alto" - entre 0,999 e 0,8; Desenvolvimento humano alto - entre 0,799 e 0,700; Desenvolvimento humano médio - entre 0,699 e 0550; e Desenvolvimento humano baixo, com pontuação igual ou abaixo de 0,549.

Busca

Cadastre-se Grátis

Para receber as informações gratuitamente do "Que Tal Viajar?" digite seu e-mail abaixo.


Após digitar seu e-mail no campo abaixo você receberá uma mensagem do Googlegroups.com (serviço de newsletters) na sua caixa de correio eletrônica pedindo a confirmação de seu e-mail.

Confirme a sua participação para receber a newsletter gratuita do site Que Tal Viajar.

Para mais informações da newsletter e cadastro clique aqui.