Turismo Responsável


Home » Notícias de turismo » Selo Turismo Responsável - Limpo e Seguro

Ministério do Turismo cria o selo "Turismo Responsável - Limpo e Seguro"



03 de julho de 2020 - Drica Cestari

O Ministério do Turismo lança o selo "Turismo Responsável - Limpo e Seguro" para preparar e incentivar o setor para uma retomada gradual às atividades, com o enfrentamento à crise pandêmica.


O lançamento do selo faz parte da primeira etapa do Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo Ministério do Turismo. O objetivo do programa é certificar cada segmento do setor turístico, que adotarem boas práticas de higiene e limpeza, e todos os cuidados necessários para garantir a saúde e a segurança dos visitantes e dos colaboradores durante e após a pandemia do COVID-19.

Que tal viajar pelo Brasil - América do SulQue tal viajar pelo Brasil?

O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros em voltar a viajar sabendo que existem profissionais do turismo preparados para recebê-los da melhor forma possível. Todos os protocolos estão associados à biossegurança e foram criados em parceria com o trade turístico, considerando protocolos adotados por entidades internacionais, com validação posterior da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde.

Como saber se o prestador do setor turístico possui o selo "Turismo Responsável - Limpo e Seguro”?
A maneira de saber se a empresa ou guia de turismo possui certificação é procurar informações sobre o prestador de serviços turísticos pela internet ou verificar a existência do selo "Turismo Responsável" em locais visíveis ao público. Materiais como adesivos do selo e conteúdos informativos com orientações e recomendações aos clientes são expostos nas áreas de circulação comum do ambiente.

O consumidor pode verificar quais são as medidas que estão sendo adotadas pelo prestador de serviço através do QR code impresso no material de divulgação do selo. Mesmo após a obtenção do selo, o consumidor pode checar se o estabelecimento ou o profissional está seguindo as diretrizes específicas àquele segmento de turismo por meio do QR code (Código de barras que pode ser escaneado pela maioria dos telefones celulares equipados com câmera, também chamado de Código QR).

Que tal viajar pelo Brasil - América do SulQue tal viajar pelo Brasil?

Quais são os segmentos do turismo que podem aderir ao selo "Turismo Responsável - Limpo e Seguro"?
• Meios de Hospedagem;
• Agências de Turismo;
• Transportadoras Turísticas;
• Organizadoras de Eventos;
• Parques Temáticos;
• Acampamentos Turísticos;
• Restaurantes, Cafeterias, Bares e Similares;
• Centros ou locais de Convenções, Feiras, Exposições e Similares;
• Casas de Espetáculos;
• Empreendimentos de Entretenimento e Lazer, e Parques Aquáticos;
• Empreendimentos de Apoio ao Turismo Náutico ou à Pesca Desportiva;
• Prestadoras de Serviços de Infraestrutura para Eventos;
• Prestadoras Especializadas em Segmentos Turísticos;
• Locadoras de Veículos para Turistas;
• Guias de Turismo.

São 15 categorias do segmento turístico, sendo que para cada categoria foi criado protocolos específicos. Os meios de hospedagem, por exemplo, foram subdivididos em cinco protocolos: protocolo básico; protocolos específicos; protocolos essenciais e transversais; protocolos específicos no caso de confirmação de COVID-19 e protocolos meios de hospedagem por setores.

Selo Turismo Responsável - Limpo e Seguro - Brasil - América do SulSelo "Turismo Responsável - Limpo e Seguro”. Foto: divulgação/ Fonte: Ministério do Turismo.

Como o prestador do setor turístico pode aderir ao selo "Turismo Responsável - Limpo e Seguro”?
A adesão ao selo é gratuita. Os interessados, como empresas prestadoras de serviços turísticos e guias de turismo, devem fazer o cadastro pela página Selo Responsável do Ministério do Turismo. Entretanto, para aderir ao programa, o empreendimento ou profissional deve estar devidamente inscrito no Cadastur - Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos, sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no mercado do turismo brasileiro, executado pelo Ministério do Turismo. O registro no Cadastur também é gratuito. Caso esteja com a situação regular no Cadastur, o solicitante deve ler todas as orientações do programa "Turismo Responsável - Limpo e Seguro” e se comprometer em seguir o protocolo específico ao seu segmento turístico. Ao confirmar a participação na iniciativa, e assim que for aprovado, o selo já estará disponível para "download" e impressão.

O programa "Turismo Responsável - Limpo e Seguro” veio para assegurar a retomada do turismo nacional adaptado a uma nova realidade pós-pandemia, posicionando o Brasil como destino turístico seguro para turistas nacionais e internacionais.

Artigos relacionados:

Beto Carrero World reabre ao público com novas medidas de segurança e higiene.
Cidade turística de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, lança o selo “Ambiente limpo e seguro”.

Sites oficiais:

Portal oficial do Ministério do Turismo.
Portal oficial do programa "Turismo Responsável - Limpo e Seguro".
Portal oficial do Cadastur - Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos.

Pessoas de máscara nas ruas
O uso de máscara facial é uma das exigências em muitos destinos de viagem.

A pandemia de COVID-19 já registrou mais de 11 milhões de casos em todo o mundo com mais de 520 mil mortes. No Brasil já foram registrados mais de 1,5 milhão de casos e mais de 62 mil óbitos. O COVID-19 é uma doença respiratória aguda causada pelo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2), contagioso entre seres humanos. A doença foi identificada pela primeira vez em Wuhan, na província de Hubei, na China, em 1 de dezembro de 2019, mas o primeiro caso foi reportado em 31 de dezembro do mesmo ano. Para mais informações de como se prevenir, saber os sintomas do coronavírus, como é transmitido, diagnóstico, como se proteger e ajudar a evitar a propagação de doenças respiratórias como o COVID-19 acesse a página oficial do Ministério da Saúde destinada ao novo coronavírus COVID-19.

Tags: Notícias de turismo | Notícias de viagem | Novidades no turismo | Matérias de turismo | Matérias de viagens | Viajar | Viagem | Viaje | Turismo | Turismo Responsável - Limpo e Seguro | Anvisa | Cadastur - Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos | Ministério do Turismo | Turismo nacional | Turismo doméstico | Turismo brasileiro | Agências de viagens | Meios de Hospedagem | Agências de Turismo | Transportadoras Turísticas | Certificação de empreendimentos turísticos | Protocolo de limpeza, higiene e de segurança | Parques Temáticos | Organizadoras de Eventos| Restaurantes, Cafeterias, Bares e Similares | Parques Temáticos Aquáticos | Locadoras de Veículos para Turistas | Guias de Turismo | Agência Nacional de Vigilância Sanitária | MTur

Saiba mais



Destinos para viajar na Baixa Temporada no Brasil - Economize nas viagens!


Que tal viajar na baixa temporada para economizar? Conheça 12 destinos para conhecer durante a baixa temporada para viajar mais barato. Em cada destino turístico existem a alta temporada (época do ano aonde existem atrações no local ou uma grande procura de turistas) e a baixa temporada (época onde os hotéis e atrações estão geralmente mais baratos devido ao menor número de visitantes). Veja no vídeo os meses do ano onde você pode visitar os destinos de seus sonhos no país economizando mais.

Compre aqui



Publicidade
Cadê meu Táxi? Veja as opções de táxi e aplicativos de transporte na sua localidade.


Busca




Cadastre-se Grátis

Para receber as informações gratuitamente do "Que Tal Viajar?" digite seu e-mail abaixo.


Após digitar seu e-mail no campo abaixo você receberá uma mensagem do Googlegroups.com (serviço de newsletters) na sua caixa de correio eletrônica pedindo a confirmação de seu e-mail.

Confirme a sua participação para receber a newsletter gratuita do site Que Tal Viajar.

Para mais informações da newsletter e cadastro clique aqui.